www.PecasdeCarros24.pt

2019-05-10 – Reportagem do 22º Encontro Motogalos

Para veres todas as fotos, clica na imagem abaixo!

 

 

22º Encontro Motogalos

10 a 12 de Maio – Barcelos

 

Não é nada fácil resumir em poucas linhas um fim de semana destes, num local destes e com um sucesso destes… vamos tentar então.

Depois de um ano de pausa, regressámos á bonita cidade de Barcelos para acompanhar a Festa Motociclista da Associação Clube Moto Galos de Barcelos para confirmar que este continua a ser um dos grandes Encontros a Norte sem a menor dúvida! (Pelo menos, daqueles que conheço, claro)

A maior prova disso é que as inscrições esgotaram, tivemos Motociclistas dos quatro cantos de Portugal e também muitos Clubes de Espanha. Além disso, alguns milhares de Motociclistas e “civis” passaram neste bonito e acolhedor espaço.

O sucesso desta festa continua a ser “culpa” desta grande Equipa – cerca de 50 pessoas – que, liderados pelo presidente Pedro Rufino Sousa, fazem ano após ano com que mais amigos sintam vontade de regressar, viver um excelente fim de semana e que tragam mais amigos.

Aqui sabemos que temos refeições que são servidas com simpatia, comida caseira e muito bem feita onde não falta algo de típico Minhoto e que, nem a sobremesa.

Aqui temos um dos mais bonitos recintos que conheço, onde se pode montar a tenda na relva, não faltam as sombras até para as nossas motas e se consegue descansar e relaxar.

Não falta sequer várias mesas e bancos de pedra que permitem ver os concertos sentado ou simplesmente se pode estar a degustar a “loira”. Temos várias barraquinhas de feirantes (onde até uma sex shop marcou presença discreta),  

Há muitos detalhes que encontramos aqui e alguns que fazem a diferença. Como novidade, este ano na inscrição – além da t-shirt, bordado e par de meias – era-nos dado um copo de plástico forte com uma fita para usar e “re-usar” para as nossas bebidas. O resultado imediato foi no fim das duas noites, não haver um único copo no chão do recinto! Mais, por cada 5 copos por nós entregues, a Organização irá plantar uma árvore. Tínhamos até alguns pontos onde poderíamos passar o copo por água. Será este, – queiramos ou não – o obrigatório futuro nas nossas festas. Alguém tem que começar a fazer algo para diminuir o plástico… porque não começarmos a fazer isso nas nossas festas? Posso garantir que já está a ser “estudada” a solução para os tradicionais “metros” de cerveja. Esta foi, aliás, uma das “críticas” que ouvi.

Por falar em bebida, o tempo deu uma ajuda e esteve um calor monumental e a “luta” com a sede foi constante…

Dos espectáculos, na sexta feira tivemos o primeiro show de freestyle com Humberto Ribeiro e muito público já presente. Em palco tivemos comédia e fado com Rouxinol Faduncho. Garanto que é muito divertido ver este espectáculo ao vivo. Não faltou interacção com o público e mesmo com os músicos! Seguiram-se os Dvicios que com os seus temas rock originais e algumas versões, agradaram e aqueceram mais a noite. A fechar, mais um competente e divertido concerto com os Vianenses Renegados do Ritmo. Continuam-se a recomendar! Pelo meio, o inevitável strip tease.

No sábado, mais um grande show de freestyle com o Humberto Ribeiro e A. Cuko. Quem disser que estes jovens pilotos são “concorrentes”, está enganado! A prova foi o que se viu. Grande dupla! Nem o calor afastou os assistentes do recinto!

Tivemos ainda o bike wash.

De regresso ao reconto, muitos mais Motociclistas a antever uma noite de casa cheia. Foi isso precisamente que se viu!

Obviamente que, a tradição diz que há sempre o passeio das tochas e posso dizer que estiveram mais de 1000 motas pelos cálculos da Organização. A cidade toda veio assistir e foi mais um momento alto.

De regresso ao recinto – já muito bem composto – em palco tivemos a música tradicional de Sérgio Mirra e a entrega dos prémios do bike show bem como os prémios aos Grupos e agradecimentos oficiais. Houve ainda um divertido pedido de casamento.

Seguiram-se G.M. Tributo aos Xutos com um desfile de clássicos da banda clássica portuguesa. Agradaram aos admiradores de Xutos e Pontapés, sem dúvida.

A fechar a noite, uma banda veterana que já conta com quase 40 anos de carreira mas que, infelizmente, não tem tido a sorte e ajuda para ter o merecido reconhecimento pelo brilhante hard rock progressivo que toca. Os Jarojupe praticam um som envolvente e além de excelentes músicos, tem um vocalista – Jaime – com uma voz soberba! Eu gostei e quem ali ficou até tarde confirma que foi um concerto excelente.

No domingo, o passeio com algumas centenas de motas, levou-nos a conhecer uma parte do bonito concelho e houve uma paragem em Galegos de Santa Maria onde nos esperavam duas panelas de bifanas e algo para a sede.

No regresso, o almoço e a entrega das lembranças.

No final, a Organização mostrava cansaço mas muita satisfação pelas presenças e pelo sucesso deste fim de semana. Quem lá esteve, saiu com mais vontade de regressar em 2020!

Grande fim de semana!

Parabéns Motogalos!

 

Texto e fotos

Raul Gomes

Motard FM 2019

(Partilhas totalmente permitidas)

You must be logged in to post a comment Login

Comentários

%d bloggers like this: