www.PecasdeCarros24.pt

2018-03-17 – Reportagem do 14º Encontro do Grupo Motard Doidos por Elas

Para veres as fotos e os videos, CLICA NA FOTO ABAIXO!

 

 

14º Aniversário e Encontro do Grupo Motard Doidos por Elas

17 de Março – Barreirinhas, Alcanede

 

Uma festa que já tenho a honra de acompanhar por 13 anos (sim, faltei um…) e que vi de várias formas, com mais ou menos amigos, em três locais diferentes mas onde, ao longo destes anos, vi sempre o mesmo; excelente acolhimento, soberbas refeições e sempre em locais onde nos sentimos bem e temos tudo à mão.

Este ano, o local foi novo. A antiga escola de Barreirinhas serviu como uma luva para esta festa de um dia (e meio). Tínhamos duas salas, uma para as refeições e outra que, devido às condições do tempo, acabou por servir como sala de concerto.

Estava planeada – e montada – uma tenda para albergar a banda e as tendas mas, o vento e a chuva deram cabo dela durante a noite anterior. De salientar que o “plano B” funcionou da melhor maneira.

Mais amigos presentes que no ano passado, um ambiente ainda mais acolhedor, uma fogueira cá fora e um estacionamento para motas e carros (em supremacia neste fim de semana). Fazemos votos para que os Doidos por Elas consigam ter este espaço como sede muito em breve porque, este local é mesmo à medida para a festa. Á atenção das entidades oficiais.

Quanto à festa em si, um almoço com sopa da pedra, grelhadas mistas soberbamente temperadas e bem regadas, com pão caseiro ainda quentinho e sobremesa. Só não comeu mais quem não quis. Já agora, ao jantar tivemos carne à portuguesa e/ou barriga de leitão assada. Fomos – como sempre – muito bem tratados.

Tarde com amigos, noite muito animada primeiro com o organista J. Louro que fez dançar a maioria dos presentes e depois com o rock dos Sunset 91. Já não os ouvia há algum tempo e francamente gostei do que ouvi. Foi uma actuação sem palco mas que soube muito bem ouvir.

Tivemos ainda o cantar de parabéns e o corte do bolo e a festa estendeu-se noite dentro.

Aqui vieram os amigos de longe e de perto que não perdem esta festa ano após ano. Vem porque sabem que são bem tratados nesta festa simples e humilde.

A Organização esforça-se por dar o seu melhor como todos os anos e, apesar de não serem em grande número, nunca deixam que nos falta nada!

A festa pode não ter os números de presenças de anos idos, mas, o essencial continua ali!

Parabéns por não deixarem morrer isso!

 

Texto

Raul Gomes

Fotos e vídeos

Silvana Grave

Motard FM 2018

You must be logged in to post a comment Login

Comentários

%d bloggers like this: