2016-07-08 – Reportagem do 15º Encontro dos Trinta – Aldeia de Trinta, Guarda

Trinta capa

 

As FOTOS podem ser vistas CLICANDO AQUI!

15º Encontro do Grupo Motard Os Trinta

8 a 10 de Julho – Aldeia de Trinta, Guarda

 

Já não foi o nosso primeiro ano nesta bonita e acolhedora aldeia por isso, já sabíamos ao que íamos. Acolhimento excelente e caloroso, boas refeições, bom vinho… amigos à nossa espera e um espaço que apesar de pequeno, mais um ano fez-nos sentir muito bem. No entanto, há sempre algo de novo que vemos e sentimos ano após ano. Este ano, comemoraram-se os 15 anos do Grupo e apostou-se um pouco mais neste fim de semana.

Uma banda de topo – Hi-Fi – na sexta feira, banda durante parte da tarde de sábado – Cair da Noite – e a banda “da casa” na noite de sábado – Banda Jackpot.

Na comida, a qualidade manteve-se. Este ano, pude participar na corrida aos ossos e garanto-vos que estavam muito bons.

O espaço de acampamento foi melhorado mas não foi muito utilizado pelos amigos de longe. Motivo? Não estiveram muitos amigos de longe. Este foi o único ponto menos positivo deste fim de semana: Notaram-se ausências. É certo que tanto na noite de sexta feira como na noite de sábado, o recinto esteve à pinha e durante estes três dias não faltou boa disposição e convívio mas… sentiram-se faltas de alguns amigos.

Nesta festa onde se teve uma excelente relação preço/qualidade e as bebidas tinham um preço justo, o tempo ajudou e deu para andar de calções e t-shirt mesmo à noite. O ar puro da serra soube muito bem e na viagem de ida e volta, tivemos o prazer de conhecer um caminho fantástico de Carrapichana (Celorico da Beira) com passagem por Linhares, Prados, Videmonte e chegada a Trinta. Tudo a atravessar a serra e com uma estrada boa.

Na sexta feira, depois do jantar, tocaram os Hi-Fi para um recinto que foi enchendo aos poucos. Impressionante palco e musicas que fizeram as delicias dos ouvidos até perto das 3 da manhã.

No sábado, depois do almoço tivemos um bike wash e a famosa corrida aos ossos. Deu para beber uns copos com gosto e com os amigos que iam chegando.

Pelo meio, tocou o trio Cair da Noite. Tocaram bem mas senti que foram algo ignorados pelos presentes – o que foi pena.

Depois do jantar, a banda Jackpot tocou – e bem – para um recinto completamente cheio. Grande noite e grande concerto.

Pelo meio a entrega de prémios e lembranças às duas dezenas de Grupos representados e os sorteios. Também pelo meio, alguns shows de strip tease – entre os quais, um masculino.

A festa estendeu-se madrugada dentro.

No domingo, os resistentes ficaram para o almoço e disseram “até pró ano”.

Pese o facto das referidas ausências de alguns amigos, esta foi mais uma festa com aquela “coisa” especial a que os Trinta já nos habituaram. Boa comida, bom acolhimento e boa disposição num espaço onde dá gosto estar e onde se sente o perfume das flores de tilieira enquanto se está com os amigos.

Parabéns à Organização por ter sabido manter o nível desta festa e mesmo com menos inscritos ter uma festa divertida e animada nestes 15 anos de vida!

Os meus agradecimentos vão para a Organização pelo convite e às equipas técnicas das banda Hi-Fi e Jackpot bem como aos Cair da Noite pela disponibilidade para apoiar o meu trabalho do fim de semana. O que faz uma banda ser grande, não é só a musica que toca mas sim o Profissionalismo. Muito obrigado.  

O Motard FM viaja com a segurança dos CAPACETES CMS e com a assistência da JOMOTOS – Pombal.

 

Texto

Raul Gomes

Fotos

Silvana Grave

Motard FM 2016

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *