2016-07-22 – Reportagem da 12ª Concentração dos Motard’s Saca Rolhas

As FOTOS e os VIDEOS podem ser vistos CLICANDO AQUI.

Saca Rolhas capa

 

12ª Concentração dos Motard’s Saca Rolhas

22 a 24 de Julho – Silveirinha Pequena

 

Se havia uma palavra que descrevesse este fim de semana? Sucesso! Podia não escrever mais nada e mostrar as fotos mas tirava toda a graça da reportagem…

Em doze anos de festa, dez dos quais em que estive presente, este foi sem a menor dúvida, o melhor ano e onde as melhores expectativas da Organização foram largamente excedidas. Só para terem uma ideia, as inscrições esgotaram por volta da hora de almoço de sábado. Muitos amigos vieram aqui pela primeira vez e as impressões e comentários não poderiam ter sido melhores quer desses, quer daqueles que já acompanham esta festa há vários anos.

Deu gosto ver, mais uma vez, esta grande Família que são os Saca Rolhas unida e a trabalhar para dar um excelente fim de semana a quem por aqui passou. O destaque vai também – e mais uma vez – para a Equipa da cozinha. Excelentes refeições, simpatia e boa disposição. Assim a comida sabe ainda melhor.

Imprescindível tem sido também o apoio da Junta de Freguesia e da Câmara de Pombal.

Este ano, até o tempo ajudou e a “tradição” de chover na festa, não aconteceu. Pelo contrário, o calor esteve sempre presente mesmo à noite.

Uma das características desta festa continua a ser o facto de todos os anos haver uma novidade. Este ano tivemos um espaço com duas piscinas maiores e até areia da praia. Tivemos ainda o regresso da garraiada e para os homens, uma “surpresa” que fez muitos soltarem gargalhadas quando iam à casa de banho (vejam as fotos).

Mais bancos e mesas – construídos de forma a aproveitar pneus velhos e bobinas de cabos eléctricos – espalhados pelo recinto, “puffs” e vários “sofá-camas” com sombra fizeram as delicias de quem quis descansar ou até mesmo fazer algumas sestas.

Puro bem estar e relax…

Na sexta, já tivemos bastantes amigos presentes e ao jantar soube bem o frango no churrasco. A festa da noite começou com os Prova de Fogo. A tocar cada vez melhor, conseguiram trazer publico para “longe” da zona do bar principal. A noite esteve bem animada até altas horas.

No sábado, muitos amigos aproveitaram para se deliciarem na praia do Osso da Baleia (a 8 km) mas ninguém perdeu os saborosos filetes ao almoço. A tarde passou entre mergulho e brincadeiras nas piscinas, conversas, convívio, copos, uma garraiada que foi animada por um grupo de jovens de Coimbra e o abundante lanche que mais parecia um banquete…

O bike wash foi muito participado e super divertido. Também já vem sendo tradição ser assim…

Depois da excelente feijoada no jantar de sábado, os Kremlin subiram ao palco e deram grandes músicas para todos os gostos. Dançou-se, brincou-se e parece que o tempo voou O recinto já estava bastante cheio mas notava-se que muitos estavam ali por causa dos segundos convidados para esta noite. Os Noidz tocaram nesta região pela primeira vez e vieram com um cenário futurista para cima do palco. Foi um caso obvio de “primeiro estranha-se e depois entranha-se”. Senti que as duas primeiras musicas quase que assustaram algum do público mas, a partir daí foi um desfilar de temas que muitos dos presentes conheceram através da Motard FM. Saltou-se, cantou-se mas acima de tudo ficámos “presos” `à mistura de Metal/Fado/Rock/Techno/Musica Tradicional que ouvimos. Nem se deu pelo tempo passar…

Infelizmente (ou talvez não) os Noidz não são uma banda “comercial” e acabam por sofrer um pouco do estigma de serem rotulados por alguns “entendidos” como uma banda “pesada”. Isso é completamente errado. O que os Noidz fazem – e bem – é criarem esta mistura de sonoridades que nos deixa de ouvidos bem abertos. E mesmo os “puristas” que acham que é “pecado” juntar Fado ou músicas tradicionais portuguesas a Rock e Metal, depois de ouvirem acabam por ficar convencidos. Inovar não tem que ser sinónimo de “estragar”. Destaque sem dúvida para a voz de Biotikka.

No final, um original e espectacular show de strip tease que mais uma vez mostrou a capacidade teatral e inovadora da equipa Gaúcho/Sandra Vida. Porque strip nem sempre é tão simples como tirar a roupa. Profissionalismo como há pouco neste meio.

Tão cedo não me vou esquecer de ver o recinto completamente cheio de público até ao bar… e isto às 3 da madrugada…

No domingo, um pequeno passeio que reuniu algumas dezenas de motas, levou-nos até ao almoço com carne de porco à alentejana. Os sorteio, prémios e lembranças vieram a seguir. Como é óbvio, notaram-se algumas ausências em termos de Motoclubes/Grupos Motards mas mesmo assim, tivemos muitos pela primeira vez e suspeito que vão voltar de novo a esta festa.

Pela tarde fora e com muito calor, tivemos um grande show de freestyle com o Humberto Ribeiro.

Resumidamente, foi um fim de semana de sucesso a todos os níveis e que – bom sinal – passou rápido de mais. Acredito que a Organização não vai querer crescer mais e nem seria boa ideia mas, a manterem-se assim as coisas, mais amigos vão querer conhecer esta festa e as inscrições terão que ser limitadas para manter esta Qualidade. Seja em que data for, chova ou faça sol, saberá sempre bem vir aos Saca Rolhas.

Venha a décima terceira em 2017.

Muito obrigado à Organização sem especificar alguém – vocês sabem quem são – desde a cozinha, passando pelos bares, recinto, etc. A “lista” seria grande. Obrigado pelo sucesso e por continuarem a tratar tão bem todos os que vos visitam.

Único ponto negativo: O cartaz deste ano era feio (RISO) mas a festa desculpou esse detalhe…

A Equipa do Motard FM viaja com a Segurança dos capacetes CMS e com a Assistência Técnica da JOMOTOS-POMBAL.

 

Texto

Raul Gomes

Fotos e vídeos

Silvana Grave

Motard FM 2016  

1 Comment

  1. José Kosta

    26 Julho, 2016 at 22:21

    Cinco estrelas mais uma vez.
    Obrigado por tudo.

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *